quarta-feira, 14 de julho de 2010

Couture Outono 2010

Mais Old Hollywood impossível a coleção de Couture da Armani Privé. Belo contraste entre looks estruturados, com influência do guarda-roupa masculino e ombros em destaque.
Do outro lado, longos bem femininos, glamourosos e com a cara da Hollywood dos anos 50: muito brilho e sensualidade. Reparem nos tons, todos bem neutros: do off-white, passando por nudes e beges até chumbos e marrons. Essa onda de cor neutra vem mais forte do que nunca...
Os acessórios também seguem a linha clássica.
Essa coleção da Chanel não tem quase nenhuma semelhança com a passada. Nada de tons clarinhos e aquela aura polar da última vez. Foi tudo mais forte, proporções inusitadas, materiais pesados e um estilo sem definição própria. Isso é Karl Lagerfeld, que sempre diz tirar suas coleções dos sonhos. Dessa vez, ele afirmou ter buscado inspiração em um pesadelo, mas logo disse que não passava de uma brincadeira.
Acessórios e sapatos bem extravagantes, cheios de detalhes e brilhos - seguindo a linha das roupas.
Como sempre, os desfiles de Galliano para a Christian Dior são um verdadeiro show. Dessa vez nada foi diferente e as flores foram a inspiração. Uma coleção de exageros: exageros nas formas, texturas, cores e produções.
Amei a coleção de Elie Saab, também muito diferente da última. Tons e tecidos bem mais fortes e pesados, modelos bem menos vaporosos e com mais personalidade. A inspiração veio da casa de ópera La Fenice, de Veneza. Por isso tanto brocado e veludo.
Sapatos lindos demais, bem usáveis.
A coleção de Ricardo Tisci para a Givenchy foi uma das mais elaboradas, apesar do pequeno número de modelos. Tudo bem exagerado: renda chantily, plumas, bordados, brocados, transparências etc.
Uma mistura de burlesco, boudoir e um ar parisienne deu o tom da coleção de Jean Paul Gaultier. A diva convidada foi ninguém menos que Dita Von Teese, a melhor pessoa para estar ao lado de turbantes, cigarrilhas, espartilhos e uma sensualidade contida.
Complementos bem exagerados e com cara e jeito de diva.
Laçarotes, muito preto e branco, transparência delicada e rendas fizeram parte do desfile de Valentino. Fiquei apaixonada, tudo lindo e fofo!
E as luvas e mangas de laços? Sem falar nos sapatinhos dignos de Cinderella, adoráveis!

0 comentários: