sábado, 27 de fevereiro de 2010

NYFW - os últimos (juro!)

CALVIN KLEIN
Que Francisco Costa é um gênio da moda, todo mundo sabe. E que ele sempre prima pelo minimalismo em suas coleções, todo mundo sabe também. Mas não chega uma hora que começa a parecer tudo igual? Eu sou super a favor de looks clean, básicos, de corte reto etc e tal. Mas não sei explicar, até quem ama moda de paixão começa a achar que a coisa meio que cai na mesmice com tantas linhas retas.


MICHAEL KORS
Assim como o crítico de moda do style.com disse, Michael Kors realmente é mestre na arte de passar todo um estilo de vida em uma coleção com pouco mais de 60 looks. Tricôs, casacões de lã, muita pele e peças oversized. O designer preparou diversos looks com cintos (não apenas marcando a cinturinha, lá em cima, mas também caído nos quadris). Os longos retos com brilho também deram o que falar. Muito caramelo, cáqui, cinza e preto. E viva os tons de inverno!

View more presentations from Pérolas e Poás.


MILLY BY MICHELLE SMITH
Um estilo preppy, com cara de Gossip Girl (aquele seriado norte-americano em que as meninas se vestem tão, tão bem pra ir na escola que eu até fico emocionada...). Muito xadrez, micro comprimentos, cinturinha marcada, botões dourados, uma diversidade de meias calças de enlouquecer qualquer menina e boinas, tiaras e rabos de cavalo presos de lado. Clássico e moderno, cheio de uma sensualidade inocente que vende muito bem!
View more presentations from Pérolas e Poás.


RALPH LAUREN
O estilo boho gipsy escolhido por Ralph surpreendeu. Estamos habituados a ver coleções com inspirações equestres, countries, tudo que remete a uma vida no campo (cheia de mordomias e requintes, é claro). Dessa vez, a coleção da Ralph Lauren veio recheada de estampas florais escuras, nada muito meigo, tudo muito sério, com cara de mulher crescida.
Ombros destacados com sutileza, babados delicadamente compostos, alfaiataria e casacos oversized: oposições que se completaram com maestria. Veludo, camurça, seda e renda compuseram a maior parte das peças. Cintos de couro grosseiros com fivelas redondas, de um dourado envelhecido, finalizavam quase todos os looks.
View more presentations from Pérolas e Poás.


TOMMY HILFIGER
Se Ralph Lauren é reconhecido pelo estilo "campestre" das suas coleções, Tommy Hilfiger é o rei do fashion navy. Gostei muito da coleção, que revisitou os valores já conhecidos da marca de uma forma mais jovem, mas sem perder a identidade. Casacos grandalhões são realmente uma tendência fortíssima, o xadrez é coringa (e sempre vai ser), a cintura marcada define a silhueta e deixa tudo mais elegante, calças de cintura alta ainda são hit dessa temporada e coletes e casaquetos continuam finalizando looks com genialidade.
View more presentations from Pérolas e Poás.


MARCHESA
No desfile da Marchesa só deu renda, tule e organza. Babados, volumes e cintura marcada pontuaram a coleção. Além disso, vestidos de um ombro só continuam com tudo. Sou suspeita pra falar porque sou fã das criações de Georgina Chapman, mas adorei a coleção.
View more presentations from Pérolas e Poás.


MULBERRY
Uma enorme gama de referências na coleção nova da Mulberry. As estampas coloridas de bichos tiveram destaque não apenas nas roupas mas também nos acessórios. Muitas cores e ombros volumosos, tailleurs, saias volumosas com babados e casacos curtinhos são peças-chave do inverno 2010 da Mulberry.

View more presentations from Pérolas e Poás.


OSCAR DE LA RENTA
Que crise, que nada. A coleção de Oscar de la Renta tem tons vibrantes, materiais sofisticados e looks chiquérrimos. Nada de discrição, mas muito bom gosto. Muita pele nos detalhes dos casacos, misturas de cores fortes, looks inteiros estampados, um leve perfume de militarismo e cortes clássicos. É impressionante como a moda de la Renta é atemporal, nunca perde o charme nem o estilo. Sua facilidade de mesclar estilos, épocas e tendências é, com certeza, invejada pela maior parte dos estilistas da atualidade.
View more presentations from Pérolas e Poás.


VICTORIA BECKHAM
Todos os vestidos tem a cara da dona da grife, parece que é a própria Victoria desfilando cada look. Eu não sou muito fã da pessoa Victoria, mas devo admitir que gosto das criações dela. E essa última coleção foi minha preferida. Assim como na última temporada, a ex-Spice criou apenas vestidos - curtos, médios e longos. O resultado foi bem surpreendente, os cocktail dresses eram lindos, super diferentes e charmosos. As principais apostas: um ombro só, curtos de manga longa, cintura alta, tomara que caia, decotes bem fechados (que chegam a cobrir parte do pescoço) - um charme!

View more presentations from Pérolas e Poás.

0 comentários: